quarta-feira, 1 de junho de 2016

7 passos recomendados por profissionais de saúde para você emagrecer controlando o estresse e a ansiedade...


Quem não sofre com a ansiedade, a compulsão e a impulsividade pela comida, principalmente pelos alimentos não saudáveis?!

Nos últimos anos ocorreram muitas mudanças na sociedade que levaram as pessoas a terem uma vida cada vez mais agitada e com muito mais trabalho e estresse do que antigamente. E graças ao mundo moderno em que vivemos, quase nos esquecemos de como levar uma vida saudável e sem estresse.

Segundo a ABESO (Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica) sintomas de estresse, tais como ansiedade, nervosismo e o hábito de se alimentar quando problemas emocionais estão presentes, são comuns em pessoas com sobrepeso ou obesidade, o que sugere uma relação entre o estresse e a obesidade.

O estresse pode ser um potente fator no desenvolvimento de gorduras visceral e abdominal, provavelmente por influência do cortisol, hormônio que está ligado ao ganho de peso.
Gostaria de passar os 7 passos recomendados pela equipe de profissionais do Vida Funcional para você emagrecer controlando o estresse e a ansiedade:

1. Café da manhã: Para começar o dia bem, nada melhor do que uma refeição reforçada e rica em diversos nutrientes. O café da manhã é importante para fornecer energia ao corpo para realizar as tarefas ao longo do dia. Para isso, consuma alimentos fontes de carboidratos (batata doce, aipim, inhame, batata yakon), lipídeos (abacate, leites vegetais, como leite de amêndoa, castanha de caju e coco) e proteínas (ovos, frango, tofú).

2. Comer de 3 em 3 horas: Para o sucesso na sua mudança de hábitos alimentares, você deve comer, pelo menos, de 3 em 3 horas. Longos períodos sem se alimentar podem fazer com que você dê espaço para a fome e exagere nas refeições subsequentes. Ter horários específicos para as refeições é fundamental para a saúde, emagrecimento e bem-estar.

3. Evitar tomar café em excesso: As grandes quantidades de cafeína podem aumentar o nível de cortisol, o hormônio do estresse e que está ligado ao ganho de peso. Por isso é aconselhável consumir em torno de 2 a 3 xícaras/dia. Por outro lado pode abusar dos chás: tome chás calmantes durante o dia (melissa, também conhecida como erva-cidreira, maracujá, camomila e valeriana), eles vão te ajudar a relaxar e diminuir o estresse e a ansiedade.

4. Encontre uma atividade que te dê prazer: Procure fazer alguma atividade ou exercício que deixe feliz, como por exemplo dançar. Durante a prática regular de atividade, são liberadas substâncias que dão a sensação de bem-estar melhorando assim a capacidade de lidar com problemas que atrapalham sua autoestima e que causam estresse, além de favorecer a perda de peso com o gasto de energia.

5. Alimentos ricos em triptofano e tirosina: Esses alimentos ajudam na formação de serotonina, proporcionam uma sensação de bem-estar e, por isso, devem ser consumidos de preferência na parte da manhã para que o seu efeito possa ser sentido durante o dia. Eles são: linhaça, aveia, sementes de abóbora e girassol, nozes, castanhas, leguminosas, banana, abacate, ovo, frango, peixes e chocolate 70% cacau.

6. Dormir bem: Ter uma boa noite de sono é um hábito essencial para quem quer aumentar a qualidade de vida. O sono é um momento de descanso físico e mental. É nesse período do dia em que nos permitimos recuperar toda a energia gasta durante as atividades diurnas e noturnas, possibilitando que o metabolismo corporal funcione corretamente no dia seguinte.

7. Medite: Você sabia que quem medita consegue lidar melhor com situações de estresse e ansiedade? Sabemos que a meditação sozinha não resolve todos os nossos problemas, mas essa prática com uma boa alimentação e atividade física acaba potencializando o bem-estar do indivíduo! 

P.S. Se você é cristão e gosta de ler a Bíblia medite nela e acalme a sua alma, espírito e consequentemente seu corpo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário